PDG anuncia homologação de Plano de Recuperação Judicial

A PDG Realty,  comunicou ao mercado por meio de fato relevante que, o acordo de recuperação judicial aprovado na última quinta-feira, que o Juízo da 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais e Conflitos Relacionados à Arbitragem da Comarca de São Paulo foi homologado. Os Plano de Recuperação Judicial das Companhias e das demais empresas integrantes do seu grupo econômico fazem parte do acordo.

Na noite do dia 30 de novembro, a companhia informou ao mercado que havia entrado com o plano junto ao poder judiciário. A decisão foi tomada porque o acordo de reestruturação de dívidas celebrado com os bancos (que previa prorrogação de pagamentos de juros e amortização de principal, além de novo financiamento para cobrir despesas gerais e administrativa) não surtiu o efeito esperado.

Em março, a 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais da Capital de São Paulo deferiu o pedido de recuperação judicial das 512 sociedades que integram o grupo. A justiça também nomeou a PricewaterhouseCoopers para atuar como administradora do processo de recuperação judicial da companhia e suspendeu todas as ações e execuções em curso contra a PDG por 180 dias.

No pregão de ontem na bolsa, as ações da PDG ficaram estáveis, a R$ 2,32.

07/12/2017

Autor: 
A Redação